Camaçari adere aos pisos salariais de professores e agentes de saúde

Prefeitura determinou que nenhum servidor municipal poderá ter salário menor que o mínimo

Publicado terça-feira, 24 de janeiro de 2023 às 19:02 h | Autor: Da Redação
Salário dos professores será reajustado em cerca de 15%
Salário dos professores será reajustado em cerca de 15% -

Os salários de professores e agentes comunitários e de endemias da prefeitura de Camaçari, região Metropolitana de Salvador, serão reajustados seguindo as novas regras do piso de ambas as categorias. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 24, pelo prefeito Elinaldo Araújo (União Brasil).

"Professores e agentes comunitários e de endemias são categorias essenciais para o município. Nós buscamos o pagamento do piso para valorizar estes profissionais e assim continuaremos fazendo, como forma de reconhecimento ao trabalho deles para servir ao povo de Camaçari", disse Elinaldo.

O salário dos professores será alinhado ao novo piso nacional estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC) e passará por reajuste de cerca de 15%, saindo de R$ 3.845,63 para R$ 4.420,55. A nova regra beneficia também os educadores que trabalham sob o Regime Especial de Direito Administrativo (Reda).

Quanto aos professores da rede estadual, o governador Jerônimo Rodrigues (PT) garantiu que o estado também vai pagar o piso nacional.

Já os agentes comunitários e de endemias passarão a receber o equivalente a dois salários mínimos, conforme legislação nacional. A prefeitura determinou ainda que nenhum servidor municipal poderá ter salário menor que o mínimo, atualmente em R$ 1.302,00.

Segundo o secretário da Administração de Camaçari, Hélder Almeida, após a aprovação dos pisos, a Prefeitura fez estudos para promover o reajuste nos salários dos profissionais. 

“Os professores são fundamentais para o desenvolvimento que tivemos na educação de Camaçari nos últimos anos. Os agentes comunitários e de endemias cumprem um papel muito importante de estar próximo das pessoas, fazendo um papel preventivo e de cuidado com a saúde das pessoas”, disse.

Publicações relacionadas