Embargada obra onde crianças coreanas morreram

Responsáveis pela obra não podem seguir com trabalhos

Publicado sexta-feira, 13 de maio de 2022 às 15:33 h | Atualizado em 13/05/2022, 15:33 | Autor: Da Redação
Embaixada da Coreia pediu informações sobre o fato
Embaixada da Coreia pediu informações sobre o fato -

Após a morte de cinco crianças coreanas em uma obra em Formosa do Rio Preto, oeste baiano, o Ministério Público do Trabalho embargou as atividades no local.

Sendo assim, os responsáveis pela obra não podem prosseguir com os atividades e são obrigados a isolar a área.

Fiscais do MPT-BA foram ao local, na Fazenda Oásis, conhecida como Vila dos Coreanos.

Existem três hipóteses para o fato, que são: acidente, trabalho infantil ou negligência.

De acordo com o MPT, a propriedade pertence ao grupo Doalnara, produtor de alimentos orgânicos.

A Embaixada da Coreia enviou um ofício à prefeitura de Formosa do Rio Preto, para pedir explicações sobre o fato.

Publicações relacionadas