Lula fecha apoio com oito partidos e Bolsonaro com dois

Apoios garantirá ao petista mais tempo de rádio e televisão durante o período do horário eleitoral

Publicado sexta-feira, 05 de agosto de 2022 às 22:05 h | Atualizado em 05/08/2022, 22:05 | Autor: Da Redação
Jair Bolsonaro e Lula seguem como os líderes em intenção de voto nas pesquisas divulgadas até o momento
Jair Bolsonaro e Lula seguem como os líderes em intenção de voto nas pesquisas divulgadas até o momento -

O fim das convenções partidárias para as definições de candidaturas para as eleições deste ano chega com um saldo de oito partidos na base de apoio à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e dois na sustentação de Jair Bolsonaro (PL), que deseja ficar no Palácio do Planalto por mais um mandato.

O petista terá o apoio de PSB, Solidariedade, PSOL, Rede, Avante, PCdoB, Agir (antigo PTC) e PV. Juntas, as legendas elegeram 130 deputados, 12 senadores e oito governadores em 2018. Essa representatividade na Câmara garantirá a Lula mais tempo de televisão durante o horário eleitoral na rádio e na TV.

Já Bolsonaro, está fechado com o PP e o REPUBLICANOS. Em 2018, o partido do presidente e as duas legendas aliadas elegeram 101 deputados, sete senadores e um governador.

A candidata Simone Tebet (MDB), por sua vez, ainda que não tenha deslanchado nas pesquisas de intenção de voto, tem apoios de figuras políticas importantes, como o PSDB e o CIDADANIA. O MDB, o Podemos, o PSDB e o Cidadania elegeram 82 deputados, seis governadores e 11 senadores.

Ciro Gomes (PDT), que aparece como terceiro colocado nas pesquisas de intenção de voto, não conseguiu fechar alianças. O seu partido há quatro anos elegeu 28 deputados, dois senadores e um governador. Nesta sexta-feira, 5, o político cearense anunciou Ana Paula Matos, vice-prefeita de Salvador, como a representante de vice em sua chapa.

Outra que também terá um voo solo no primeiro turno das eleições deste ano é a candidata à Presidência do União Brasil, Soraya Thronicke. Apesar disso, o seu partido, fruto da fusão entre PSL e DEM, tem uma das maiores bancadas do Congresso. Elegeu 81 deputados, oito senadores e cinco governadores em 2018.

Publicações relacionadas