FHC defende Doria após carta denunciando "golpe" no PSDB

Tucano afirmou que as decisões tomadas em prévias partidárias precisam ser obedecidas

Publicado domingo, 15 de maio de 2022 às 15:34 h | Atualizado em 15/05/2022, 15:36 | Autor: Da Redação
FHC afirmou que as decisões tomadas em prévias partidárias precisam ser obedecidas
FHC afirmou que as decisões tomadas em prévias partidárias precisam ser obedecidas -

Ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso (PSDB) voltou a manifestar apoio à pré-candidatura do ex-governador de São Paulo, João Doria. O aceno de FHC ocorre em meio à crise entre os integrantes do partido sobre a definição para a disputa ao Planalto.

Em mensagem publicada em seu perfil no twitter, o tucano afirmou que as decisões tomadas em prévias partidárias precisam ser obedecidas. "Agiu bem o candidato João Doria. Ressaltando que o resultado das prévias deve ser respeitado", escreveu.

Através de carta enviada à direção nacional do PSDB ontem, 14, Doria classifica como "golpe" a movimentação interna da legenda para tirar o seu nome da disputa eleitoral à Presidência. Ele foi escolhido como postulante ao cargo nas prévias realizadas no final de 2021.

No documento enviado ao presidente da sigla, ele lembra ter sido escolhido pelas prévias e diz ainda que se recusa a abrir mão da posição. "O jogo foi decidido na bola", afirmou, "não cabendo qualquer modificação do resultado no tapetão".

Na carta, Doria afirma também que o comportamento de Bruno Araújo muda a cada semana, “criando insegurança jurídica". O ex-governador transcreveu ainda um documento assinado pelo próprio Bruno, datado de 31 de março, no qual ele afirma que o candidato do PSDB "é o governador de São Paulo, João Doria, escolhido democraticamente em prévias nacionais".

Publicações relacionadas