Candidatos trocam ofensas pessoais no segundo bloco

João Roma e ACM Neto trocaram farpas relativas ao trabalho de ambos na Prefeitura de Salvador

Publicado quarta-feira, 28 de setembro de 2022 às 00:04 h | Atualizado em 28/09/2022, 00:06 | Autor: João Guerra
João Roma se irritou quando ACM Neto se referiu à sua filha
João Roma se irritou quando ACM Neto se referiu à sua filha -

No segundo bloco, o debate entre os candidatos ao governo da Bahia subiu de tom com as ofensas pessoais entre João Roma (PL) e ACM Neto (União Brasil). Tudo começou quando o ex-prefeito de Salvador perguntou ao seu ex-chefe de gabinete o desenvolvimento da indústria da Bahia e Roma respondeu sobre o atraso da Bahia e Neto partiu para o ataque. 

“João Roma, você tem na sua marca de vida, como característica principal, a deslealdade e a sede de poder. Você foi meu amigo por 20 anos. Vocês estão vendo ele me criticar? Eu garanto que você, que está aí do outro lado, não faz ideia que essa mesma pessoa me convidou para ser padrinho da filha dele. Eu não queria entrar nesse tipo de assunto. Mas imagine: você, quando tem um filho e vai batizar, a gente escolhe para padrinho a pessoa que a gente mais gosta. Pois é: eu sou padrinho da filha dele”, apontou o ex-prefeito.

João Roma, por sua vez, ficou irritado e rebateu. "Queridas amigas e amigos, de deslealdade entende ACM Neto. Imagine: eu passei 20 anos limpando o chão para esse cidadão. Na hora que apareceu para eu ser ministro, ele simplesmente mandou uma pessoa no governo para dizer que podia ser qualquer um, menos o querido amigo dele, o compadre João Roma. E, se o senhor não respeita a sua família, respeite a minha família, que eu tenho muito valor”.

"O senhor não sabe se é carne ou se é peixe, não tem posições definidas. Tem apenas a sua sanha pelo poder. Permanente sanha pelo poder. Não é possível que a Bahia vai se deixar levar por essa conversa bonita. Não! Não vai ser conversa bonita nem tapinha nas costas que vai levar o povo baiano na conversa”, acusou Roma.

Publicações relacionadas