Cotado a suplente de Otto, Vasconcelos projeta PCdoB mais forte

“Ainda não houve uma batida de martelo”, diz vereador de Salvador

Publicado quinta-feira, 19 de maio de 2022 às 12:17 h | Atualizado em 19/05/2022, 12:17 | Autor: Lucas Franco
"Nosso foco principal esse ano é derrotar Bolsonaro, garantir que a Bahia siga no caminho certo com a eleição de Jerônimo e assegurando também uma forte bancada parlamentar ligada à classe trabalhadora e às lutas sociais”, disse o vereador Augusto Vasconcelos
"Nosso foco principal esse ano é derrotar Bolsonaro, garantir que a Bahia siga no caminho certo com a eleição de Jerônimo e assegurando também uma forte bancada parlamentar ligada à classe trabalhadora e às lutas sociais”, disse o vereador Augusto Vasconcelos -

Após as primeiras informações de que poderia ser o suplente na chapa de Otto Alencar (PSD), senador que tentará a reeleição este ano, o vereador de Salvador, Augusto Vasconcelos (PCdoB), confirmou ao grupo A TARDE que ainda não houve uma batida de martelo sobre o assunto, mas que aguarda com expectativa o anúncio formal. “O governador [Rui Costa] avaliou positivamente, o senador [Otto Alencar] também, todos os partidos da base aliada acham que meu nome é um nome positivo para a chapa”, disse.

Para o atual líder da oposição na Câmara Municipal de Salvador, as projeções são positivas para sua legenda também em próximos pleitos. “O PCdoB almeja sim ocupar um espaço na chapa majoritária. Achamos que somos um partido que tem dado sustentação ao Governo Rui Costa e enfrentando as batalhas que são colocadas para defender o Brasil, com o time de Lula, e merecemos maior valorização e reconhecimento”.

No entanto, o vereador alegou que a prioridade do momento é derrotar eleitoralmente o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), que tentará a reeleição e está em segundo lugar nas pesquisas, atrás de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Fundamentalmente, o PCdoB não pensa apenas em si, ele pensa em um projeto maior. De disputa de rumos do Brasil. Nosso foco principal esse ano é derrotar Bolsonaro, garantir que a Bahia siga no caminho certo com a eleição de Jerônimo e assegurando também uma forte bancada parlamentar ligada à classe trabalhadora e às lutas sociais”, alegou.

“Temos quatro deputados estaduais, dois vereadores de Salvador, dois deputados federais, sendo que nós elegemos três deputados federais na última eleição e cinco estaduais. Nós somos um partido que tem força no estado da Bahia. Além da força parlamentar, temos uma forte presença nos movimentos sociais”, completou o vereador Augusto Vasconcelos.

Publicações relacionadas