“Faltou as tomadas de decisões no final” afirma Fabiano Soares

Treinador disse que o time precisa ser mais intenso para evoluir na competição

Publicado terça-feira, 10 de maio de 2022 às 19:07 h | Atualizado em 10/05/2022, 19:07 | Autor: Da Redação
Próximo compromisso do Leão será contra o Fortaleza, pela Copa do Brasil
Próximo compromisso do Leão será contra o Fortaleza, pela Copa do Brasil -

Após o empate sem gols diante da Aparecidense, na última segunda-feira, 10, em Aparecida de Goiânia, o técnico Fabiano Soares elogiou o comportamento do Vitória ao longo da partida. Ele afirmou que o time foi valente, está melhorando e que falhou nas tomadas de decisões.

>>Leia mais notícias sobre o Vitória

“O Vitória foi um time valente, que atacou e criou possibilidades. Faltaram as tomadas de decisão no final. O goleiro deles acho que esteve muito bem nesse zero a zero. Faltou também intensidade. Tivemos muitas cãibras no final. Mas isso vai acabar porque chegou uma preparação e o time está melhorando. Não conseguimos fazer o gol, mas estamos há dois jogos sem sofrer gols”, disse o comandante.

Na estreia diante do Manaus, o Leão conseguiu a vitória por 1 a 0, dentro do Barradão. Neste segundo jogo, o time ficou no empate, mas atuando fora de casa. Para o técnico, o Vitória precisa melhorar o aspecto físico para que o grupo consiga “subir um ou dois degraus". 

“Estou contente com o trabalho até agora. Melhorar um pouco as tomadas de decisão para quando chegar na área conseguir fazer os gols que vão trazer as vitórias. Mas estou seguro que quando eles melhorarem fisicamente a intensidade vai melhorar e eles vão chegar descansados na frente do goleiro para marcar gols”, completou Fabiano.

Foco no Fortaleza. 

Após comandar o Vitória em duas partidas pelo Brasileiro, o próximo embate será pela Copa do Brasil, na quinta-feira, 12, às 19h, contra o Fortaleza, no Barradão. Para avançar na competição, a equipe rubro-negra terá que ganhar por quatro gols de diferença ou pelo mesmo placar do primeiro jogo (3 a 0), para levar o jogo para os pênaltis.

“O Vitória é um time grande. Tem que jogar no ataque sempre. Não tem que especular nunca em um jogo. Quando esses jogadores entrarem em forma como nós queremos, vão jogar 90 minutos intensos. Tenho certeza que no Barradão, eles vão sair felizes. Temos que resgatar o futebol alegre e valente. Sei que ainda falta um pouco de condição física aos jogadores, mas isso vai ser corrigido”, prometeu o técnico. 

Publicações relacionadas