Bahia registra 13 mil empregos gerados em julho

Estado alcança sétimo mês seguido com números positivos

Publicado segunda-feira, 29 de agosto de 2022 às 19:08 h | Autor: Da Redação
Bahia foi o estado nordestino que mais gerou emprego no mês de julho
Bahia foi o estado nordestino que mais gerou emprego no mês de julho -

Cerca de 13.318 postos de trabalho com carteira assinada foram gerados na Bahia, em julho. O dado é do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), cujo balanço foi divulgado nesta segunda-feira, 29. Com isso, o estado alcança o sétimo mês seguido com saldo positivo de empregos.

O número é referente a diferença entre 73.243 admissões e 59.925 desligamentos. Após o valor positivo, a Bahia registrou 1.887.349 vínculos celetistas ativos, enquanto Salvador teve 2.729.

O segmento de Serviços (+5.374 vagas) foi o que mais gerou emprego, seguido da Indústria geral (+3.259 vagas), Construção (+2.732 vagas), Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (+1.235 postos) e Comércio.

Brasil

No ranking nacional, a Bahia foi o estado nordestino que mais gerou emprego no mês de julho, sendo o quinto em relação aos entes federativos. 

Na Região Nordeste, a Bahia (+13.318 postos) foi seguida pelos estados do Ceará (+10.108 postos), Pernambuco (+9.113 postos), Maranhão (+5.327 vagas), Paraíba (+4.130 vagas), Rio Grande do Norte (+2.458 postos), Piauí (+1.994 postos), Alagoas (+1.937 postos) e Sergipe (+830 postos).

Nos sete primeiros meses de 2022, levando em conta a série ajustada, que traz as informações declaradas fora do prazo, a Bahia preencheu 89.697 novas vagas, um aumento de 4,99% em relação ao total de vínculos celetistas do início do ano.

Já Salvador, por sua vez, teve 24.662 novos postos no período. 

Publicações relacionadas