Ciro diz que o modelo em vigor faz do Brasil paraíso de picaretas

Pedetista se coloca com uma nova opção com absoluta clareza

Publicado quarta-feira, 24 de agosto de 2022 às 06:15 h | Autor: Levi Vasconcelos
Ciro Gomes, a terceira via que até agora não emplacou
Ciro Gomes, a terceira via que até agora não emplacou -

Jornalistas do sul do país dizem que Ciro Gomes, o candidato do PDT à presidência, terceiro colocado nas pesquisas, virou um ‘candidato profissional’, mas na entrevista a William Bonner e Renata Vasconcelos ontem, na Globo, não é bem isso que se viu, muito pelo contrário. Ele se coloca com uma nova opção com absoluta clareza. A questão, é que até agora, não colou.

Ele cita, por exemplo, que Fernando Collor foi cassado, Fernando Henrique acabou impopular, Lula parou na cadeia, Dilma também cassada, Michel Temer governou acuado por denúncias e agora Bolsonaro está desmoralizado.

A solução, segundo ele:

— É olhar mais para os modelos da Europa, dos EUA, do que para a Venezuela.

E arremata:

— A corrupção é intrínseca no nosso modelo.

Opção —Ciro diz que a reeleição é um dispositivo que virou particularmente perverso para o Brasil. ‘O presidente se vende aos picaretas’. Foi nesse que os outros jogaram e também é nesse que Bolsonaro joga.

O cenário, diz ele, virou uma bola de chumbo da qual o Brasil precisa se livrar. Após abominar a reeleição, diz que vai ‘energizar o Brasil’. E carimba:

— O povo elegeu o Bolsonaro porque não queria mais Lula e agora quer o Lula porque rejeita Bolsonaro? Temos que sair disso.

E talvez ele esteja de fato apontando o mapa do caminho para um novo Brasil, mas ao que parece, a grande maioria da população nem tchum. Nas urnas de outubro ficaremos na mesma, está tudo indicando.

TSE cassa nove vereadores e agita Muquém e Macaúbas

O ministro Mauro Campbell Marques, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), causou furdunço político no interior baiano, especialmente em Muquém do São Francisco, no oeste baiano, e Macaúbas, no Sudoeste.

Em Muquém ele cassou cinco dos nove vereadores, todos do PSB, e em Macaúbas, quatro dos 15, todos do DEM, hoje UB. Os partidos foram acusados de usar mulheres como laranjas para completar as cotas de gênero.

Em Muquém, Cristiane Santana, Iranete Oliveira, a Netinha, e Adriana Silva tiveram zero voto. E em Macaúbas, Atalita Sutério, Margarida Nogueira e Maria Oliveira tiveram respectivamente dois votos, um e zero, com o detalhe: Margarida é esposa de Marcelo Nogueira, um dos cassados.

Em Macaúbas a briga é trincada. Alóisio Rebonato, do DEM, ganhou a eleição de Amélio Júnior, o Amelinho, do PT, por apenas 82 votos.

Só Bolsonaro nas redes

Conforme o previsto, a entrevista de Bolsonaro na Globo bateu recorde de audiência e ontem nas redes foi o prato do dia.

Os contra disseram que ele ‘dizia uma mentira a cada três minutos’ e os favoráveis colocaram memes com Bolsonaro esmagando William Bonner numa luta de boxe.

O detalhe notável: do ponto de vista midiático a televisão, no caso a Globo, foi quem pautou as redes.

Eis que, na merenda, aluno cada dia mais come menos

A merenda escolar está cada dia mais minguada. Apesar da pandemia e da guerra que forçou a alta de alimentos, os repasses federais estão  congelados desde 2017, com R$ 0,53 na pré-escola, R$ 1,02 nas creches, R$ 0,32 jovens e adultos e R$ 2 para tempo integral.Dois detalhes interessantes: 

1 — O Congresso aprovou um reajuste de 30%, mas Bolsonaro vetou.

2 — Muitos prefeitos compram produtos de primeira, mas recebem de segunda. A diferença quem come são eles.

Alguns que trabalham no setor dizem que se a polícia der um volteio atrás do que é de segunda como de primeira não perde viagem.

Publicações relacionadas