Ana Nery realiza o exame PCR em Tempo Real | A TARDE
Atarde > colunistas > De Olho na Saúde

Ana Nery realiza o exame PCR em Tempo Real

O HAN é o primeiro hospital público da Bahia a realizar esta técnica em laboratório próprio

Publicado domingo, 25 de junho de 2023 às 07:30 h | Autor: Elane Varjão | Jornalista | deolhonasaude@grupoatarde.com.br
Biomédica e coordenadora do Laboratório, Samara Araújo
Biomédica e coordenadora do Laboratório, Samara Araújo -

Desde Novembro de 2022, o Serviço de Biologia Molecular do Hospital Ana Nery (HAN) realiza o exame PCR (Reação em Cadeia da Polimerase) em Tempo Real, uma análise de alta tecnologia disponível nos melhores hospitais do mundo. O HAN é o primeiro hospital público da Bahia a realizar esta técnica em laboratório próprio. Confira a entrevista com a biomédica e coordenadora do Laboratório, Samara Araújo.

1. O que é o PCR em Tempo Real na prática?

É um teste laboratorial que detecta e quantifica moléculas de DNA relacionadas a algum agente infeccioso, como vírus, por exemplo.

2. Quais os benefícios deste exame?

Através do PCR em Tempo Real, é possível detectar e monitorar a carga viral de algumas infecções. O Citomegalovírus e o Poliomavírus BK, por exemplo, reativam no período pós-transplante, ocasionando grandes prejuízos aos pacientes. Com a detecção em tempo real, é possível fazer o tratamento preemptivo, ou seja, iniciar a terapia medicamentosa quando o vírus estiver se multiplicando, mas o paciente ainda não tem qualquer sintoma, o que garante as melhores chances de sucesso e evita que a infecção produza uma condição clínica mais grave. Esse tipo de diagnóstico contribui sensivelmente para melhorar a qualidade de vida dos usuários transplantados assistidos no Hospital Ana Nery.

3. Quais pacientes são indicados para fazê-lo?

É um teste com muitas finalidades, qualquer infecção pode ser monitorada por essa metodologia, mas no Hospital Ana Nery, o exame é utilizado para monitorar a infecção ativa pelos vírus Citomegalovírus e Poliomavirus BK em pacientes que realizaram transplante de órgãos. Após o transplante, devido ao uso de medicamentos imunossupressores, os pacientes ficam susceptíveis à reativação dessas infecções. Com o monitoramento pelo PCR em Tempo Real, é possível saber se ou quando os vírus reativaram a infecção e intervir de forma eficaz.

4.  Como é o acesso ao exame e qual médico deve prescrevê-lo?

O exame é realizado em pacientes transplantados assistidos no Hospital Ana Nery. A solicitação é feita pelos médicos das equipes de transplantes e realizado pela equipe do laboratório de análises clínicas.

Destaques

Dia Mundial do Vitiligo

 No Dia Mundial do Vitiligo, lembrado hoje (25 de junho), a dermatologista da Clínica Skincare Dermatologia e Restauração Capilar, Ticiana Seoane, chama atenção para  os principais sintomas da condição que são as manchas brancas pelo corpo e transtornos psicológicos, como baixa autoestima, pouca qualidade de vida e retração social.

“Trata-se de uma doença em que os sintomas psíquicos provocados pelo preconceito são os que mais causam preocupação. Por isso o acompanhamento médico e psicológico é fundamental para não deixar que as manchas virem o centro da sua vida, explica a médica.

Combate à leucemia

Um simples exame de sangue de rotina, como o hemograma,  pode ser o diagnóstico inicial ou a suspeita de leucemia. Esse tipo de câncer, que começa na medula óssea e se espalha para outras partes do corpo, faz com que os glóbulos brancos (leucócitos) percam a função de defesa do organismo e passem a se reproduzir desordenadamente “Quando se identifica precocemente alterações no hemograma e a doença é confirmada, através de outros exames específicos como o mielograma, e tratada logo no início, as chances de cura aumentam bastante”, explica a hematologista Luiza Cardoso, do NOB – Oncoclínicas.  

 Dignidade menstrual

Para garantir que mais pessoas que menstruam possam ter dignidade menstrual, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), tem ofertado absorventes gratuitamente e orientações sobre os cuidados com o ciclo menstrual na rede municipal de ensino.O trabalho, fruto do programa Ciclo de Cuidados, ocorre em parceria com a Secretaria Municipal da Educação (Smed). A pobreza menstrual é questão de saúde pública e de direitos humanos, e proporcionar dignidade ao público é indispensável para uma vida plena.

Pílulas

Cachê alto e a Saúde?

Muitas atrações de peso receberam cifras robustas para tocar nas festas juninas dos municípios baianos. Gastos de R$700.000,00 foram destinados somente para um cantor. Só esperamos que os prefeitos estejam com os recursos em caixa para gerir as demandas de saúde que são acrescidas após o São João.  

Desabastecimento

O Ministério Público Federal (MPF) decidiu instaurar um inquérito civil para investigar o desabastecimento da Enoxaparina 40mg, medicamento injetável que é utilizado no tratamento de trombose venosa, infarto e outras doenças relacionadas ao sistema circulatório, na Bahia.

Mutirões de atendimentos

Mais de um milhão de pessoas estão na fila do Sistema Único de Saúde (SUS) para a realização de cirurgias eletivas e desde março o Ministério da Saúde iniciou a transferência de dinheiro para que estados e municípios possam realizar mutirões de atendimentos. São R$ 200 milhões apenas para desafogar a fila que é gigantesca . 

Publicações relacionadas