Seal estreia com preço competitivo | A TARDE
Atarde > colunistas > Auto Brasil

Seal estreia com preço competitivo

Sedã elétrico da BYD entrega 531 cv de potência por R$ 296.800

Publicado quarta-feira, 06 de setembro de 2023 às 02:00 h | Atualizado em 11/10/2023, 10:13 | Autor: Núbia Cristina | editoria.autos@grupoatarde.com.br
Seal entrega 531 cv de potência e 68,3 kgfm de torque em dois motores elétricos
Seal entrega 531 cv de potência e 68,3 kgfm de torque em dois motores elétricos -

A BYD acaba de lançar no Brasil o elétrico Seal, sedã de luxo, capaz de entregar 531 cavalos de potência, que tem no preço competitivo um dos principais diferenciais em relação à concorrência. A versão única custa R$ 296.800. Seu rival direto é o sedã 100% elétrico mais barato do mercado brasileiro, o JAC E-J7, um carro bem mais simples, vendido por R$ 234.900. 

Segundo integrante da família BYD inspirada nos oceanos, o Seal está chegando nas concessionárias da fabricante chinesa. É equipado com dois motores elétricos, um em cada eixo do carro, que juntos entregam 531 cv de potência e 68,3 kgfm de torque. O sedã médio esportivo de 2.150 kg acelera de 0 a 100 km/h em apenas 3,8 segundos. 

A autonomia é de 372 quilômetros, de acordo com o PBEV (Inmetro), e com um carregador rápido a bateria consegue recuperar 300 quilômetros de autonomia em 30 minutos. É equipado com bateria Blade, tecnologia desenvolvida pela BYD, o que, segundo a fabricante, proporciona mais eficiência energética, estabilidade e segurança.

Concorrentes

Além do JAC E-J7,  o Seal rivaliza com outros sedãs elétricos à venda no Brasil. O BMW i4, por exemplo, custa mais de R$ 420 mil. Já o Taycan 4S tem preço sugerido de R$ 745.000. A estratégia da montadora chinesa é entregar tecnologia, autonomia, acabamento de luxo, potência, por um preço competitivo. 

“O BYD Seal é um modelo avançado, com soluções inovadoras e à frente de seu tempo, um carro que representa segurança, tecnologia, desempenho e conforto”, afirma Tyler Li, presidente da BYD no Brasil.

O sedã Seal é o primeiro veículo da marca com a tecnologia Cell-to-Body (CTB), isso permite que a bateria seja parte da estrutura da carroceria, trazendo mais rigidez e segurança. O Seal tem altura de carroceria 10 mm mais baixa em relação a um automóvel com estrutura convencional, resultando em melhor desempenho aerodinâmico e impacto visual.

Multimídia 

Vale destacar a multimídia com tela rotativa exclusiva de 15,6 polegadas, equipada com a função de controle de voz inteligente. Conta com aplicativos integrados, incluindo Android Auto e Apple CarPlay. O Seal tem ainda um painel de instrumentos completo com tela de 10,25 polegadas. Sistema de áudio Dynaudio com 12 alto-falantes que oferece som de qualidade premium e o carregamento sem fio para smartphones.

A BYD também anunciou que a partir de agora o Seal e toda a linha de carros 100% elétricos da marca passam a contar com 5 anos de revisão gratuita ou 100 mil quilômetros. Outro ponto é que nos veículos elétricos da marca a revisão só acontece a cada 20 mil quilômetros e não aos 10 mil como nos veículos a combustão.

Em relação à assistência de segurança e direção, o Seal e todos os modelos da marca têm aviso de colisão dianteira, frenagem de emergência automática, aviso de colisão traseiro, alerta de tráfego cruzado traseiro e freio de tráfego cruzado traseiro, assistência de manutenção de faixa, assistência de mudança de faixa e manutenção de faixa de emergência. Há ainda o controle de cruzeiro adaptativo e o controle de cruzeiro inteligente. A câmera panorâmica, por exemplo, fornece visibilidade de 360 graus para o motorista para manobras seguras do veículo. O modelo conta ainda com 8 airbags.

A BYD ficou em primeiro lugar no ranking de emplacamentos de veículos 100% elétricos no mês de agosto. Começaram a rodar pelo país 656 carros, número seis vezes maior do que a segunda colocada, de acordo com dados da ABVE - Associação Brasileira do Veículo Elétrico.

Nissan Kicks terá terceira edição da série limitada XPlay

A Nissan anuncia o lançamento ainda no mês de setembro da terceira edição da série limitada XPlay, do SUV Kicks, com apenas 1 mil unidades disponíveis. A montadora japonesa adianta que a  nova edição vai trazer mudanças em relação às anteriores, entretanto, não revelou mais detalhes. Em 2021, a série XPlay foi lançada com a inédita combinação de cores do teto vermelho e a carroceria branca, em 2022 a pintura era cinza com o teto vermelho. A julgar pelo spoiler dado pela fabricante, a nova série do Nissan Kicks terá novidades nas cores do SUV.

Citroën lança C4 Cactus Noir

A Citroën lança o C4 Cactus Edição Limitada Noir, que agrega todos os itens da versão Shine Pack. O SUV está à venda por 

R$ 130.990. Com rodas de liga leve de 17 polegadas, molduras dos faróis de neblina pintadas em preto, adesivos e frisos laterais em preto.

Produção de veículos segue estagnada 

Segundo balanço da Anfavea, do total produzido pelas montadoras de janeiro a agosto, 1,1 milhão de unidades corresponderam aos automóveis.  Houve estagnação ante o volume de produção de 2022, alta de 0,2%. A produção de comerciais leves teve alta de 14,7%.

Resultado de seminovos tem alta de 12,8%   

Foram comercializados, em agosto, 1 milhão 374 mil veículos seminovos e usados, avanço de 12,8% frente aos números de julho. Em comparação com o mesmo mês de 2022, o incremento foi de 4,5%, segundo aponta a  Fenauto.

Emplacamentos têm queda preocupante

Emplacamentos de automóveis somaram 153,5 mil unidades, em agosto, recuo de 13,2% com relação a julho e de 1,1% na comparação com agosto de 2022. Segundo a Fenabrave, parte deste volume foi gerado pelo programa de descontos do governo.

Vendas de eletrificados mais que dobram 

Em agosto de 2023, as vendas de carros eletrificados no Brasil mais que dobraram na comparação com o mesmo mês de 2022, segundo a Fenabrave. As vendas de eletrificados no mês passado chegaram a 7.461 unidades, alta 120% maior que o anotado em agosto do ano passado. 

Publicações relacionadas