Grupo Parvi vai abrir sete concessionárias BYD na Bahia | A TARDE
Atarde > colunistas > Auto Brasil

Grupo Parvi vai abrir sete concessionárias BYD na Bahia

Com origem em Pernambuco, grupo constrói loja-conceito da marca em Salvador e planeja expansão no interior

Publicado quarta-feira, 11 de outubro de 2023 às 05:30 h | Atualizado em 11/10/2023, 10:10 | Autor: Núbia Cristina
1ª revenda BYD em Salvador foi inaugurada em 2022
1ª revenda BYD em Salvador foi inaugurada em 2022 -

O Grupo Parvi, um dos maiores players do mercado automotivo do Norte e Nordeste, é o parceiro da BYD para instalar e gerir a rede de concessionárias da marca na Bahia, no Recife (PE) e em Manaus (AM). Na capital baiana, o grupo pernambucano inaugurou a primeira revenda da marca chinesa em outubro de 2022, mas está construindo uma loja-conceito alinhada ao padrão global da montadora asiática, que em setembro se tornou líder de vendas de veículos eletrificados no Brasil.

A concessionária de padrão global BYD está sendo instalada na Avenida Luís Viana Filho (mesma avenida que abriga a revenda aberta em 2022). “Está sendo montada onde hoje funciona uma concessionária de seminovos da Auto Parvi, que também pertence ao grupo”, revela o diretor comercial do Grupo Parvi, Divanildo Albuquerque Júnior. 

Sobre os diferenciais do projeto, ele revela: “São mais de 3.000 metros quadrados de área, onde se percebe um desenho moderno, que acomoda alta tecnologia, como um robô que estará no receptivo, painéis de led curvos, iluminação que combina com o conceito dos veículos e produz menos calor, contribuindo com o menor consumo de energia”, detalha o executivo.

Completa

A nova concessionária Parvi-BYD terá um mix completo de produtos e serviços. “Será completa, com venda de veículos, pós-venda, acessórios, venda de consórcio e outros serviços, com solução 360 graus para nossos clientes”, destaca Albuquerque Júnior. 

Na verdade, a fabricante chinesa também fabrica placas solares e fornece soluções de energia, como baterias estacionárias e estações de carregamento. “Existe sim a intenção de que a concessionária comercialize todos esses produtos, mas vamos fazer isso em fases”, antecipa o executivo.

Mas qual o investimento previsto na construção e instalação dessa revenda BYD de padrão global em Salvador? “Não divulgamos investimentos, porém, pela localização e suntuosidade do projeto, posso afirmar que é um investimento de grande monta e significativo para a cidade, e com as novas concessionárias que estão por vir, diria que será muito importante para o estado da Bahia”, assegura Albuquerque Júnior. 

Na loja sede que está em construção na Avenida Luís Viana Filho serão 40 funcionários nas mais diversas posições de atendimento ao cliente e serviço. Hoje, na revenda já em operação, são 15 colaboradores. “No entanto, o grupo está ampliando a sua capilaridade na Bahia e a previsão é termos nove pontos, sendo duas concessionárias completas em Salvador, mais duas touch points (pontos de contato com a marca) na capital baiana, e no interior teremos revendas em mais cinco cidades estratégicas. Vamos aumentar nosso quadro de funcionários exponencialmente”, adianta o executivo, destacando que haverá muita geração de emprego.

O executivo está muito otimista e avalia positivamente o processo de fortalecimento da marca BYD na Bahia, desde que foi anunciado o projeto de instalação do complexo industrial no município de Camaçari. “Desde o lançamento da marca percebemos uma receptividade impressionante do povo baiano, e com o início do processo de instalação da fábrica o estado se tornou o berço da BYD no Brasil. Isso nos torna uma família que quer estar cada vez mais juntos. Essa é a força que estamos nos tornando”, destaca Albuquerque Júnior.

Origem do Grupo Parvi

 A história do Grupo Parvi começou em 1980, com a abertura de uma concessionária de caminhões Mercedes, na cidade de Palmares, no interior de Pernambuco. De lá para cá, tornou-se um dos maiores grupos automotivos do Norte e do Nordeste, com presença em 13 estados brasileiros e no Distrito Federal. 

Atualmente, conta mais de 90 concessionárias, representa 15 marcas que atuam no mercado brasileiro, algumas voltadas ao segmento premium, e conta com mais de 5.500 colaboradores. Para oferecer “uma experiência completa aos clientes”, o grupo criou um conglomerado de empresas: Auto Parvi Seminovos, Parvi Locadora, Parvi Consórcios, RCR Fretamento, Parvi Corretora de Seguros, Parvi Blindados, Segsat Rastreamento.

“Estar ao lado de um grupo como a Parvi, com décadas de experiência junto à indústria automotiva é fundamental para a BYD Brasil e juntos vamos consolidar a nossa marca em território nacional”, destacou Henrique Antunes, diretor de vendas da BYD Brasil, quando anunciou a parceria da montadora chinesa com o grupo pernambucano, em 2022.

Na verdade, em março de 2022, o Grupo baiano GNC havia sido anunciado pela BYD como representante da marca na Bahia, no entanto, meses depois foi anunciada a mudança de parceria e o Grupo Parvi assumiu a operação.

Honda Accord Advanced Hybrid chega ao Brasil 

A Honda lançou ontem o Accord Advanced Hybrid no mercado brasileiro, que será vendido em versão única por R$ 324,9 mil. Combinando um motor 2.0 a combustão e outros dois motores elétricos que juntos geram 207 cv de potência, acoplado a câmbio CVT, formando o conjunto e:HEV, que recarrega sozinho a bateria do sedã. São três modos de condução: 100% elétrico, híbrido e somente com motor a combustão. Entre as novidades: a carroceria foi aprimorada, houve ainda melhorias técnicas no sistema de segurança e a conectividade está mais avançada.

Jeep Grand Cherokee 4xe 

O Jeep Grand Cherokee 4xe chega ao Brasil em versão única híbrida  por R$ 569.990. Tem condução 100% ele´trica ,mais  recursos de segurança, mais espac¸o e central multimídia tem 10,1 polegadas; no painel de instrumentos são 10,25" e o head up display 10".

Isenção de IPVA para veículos elétricos

Na solenidade que marcou o início da operação da BYD na Bahia, o governador Jerônimo Rodrigues assinou projeto que prevê isenção de IPVA para carros elétricos até R$ 300 mil. Modelos acima dos R$ 300 mil  terão alíquota de 2,5%. O PL agora segue para Assembleia. 

Produção de motos está em alta

Produção de motocicletas no Polo Industrial de Manaus chegou a 140,3 mil unidades em setembro, segundo a Abraciclo. Um pouco acima do volume produzido no mesmo mês do ano passado, quando a produção somou 139,6 mil motocicletas, mas ficou 14,5% abaixo do resultado de agosto.

Bridgestone anuncia  expansão da fábrica 

A Bridgestone anunciou a primeira etapa da expansão da  fábrica de pneus em Camaçari, que foi resultado de um investimento de R$ 1 bilhão. Com a ampliação, cujas obras deverão terminar no fim do ano que vem, a capacidade da unidade será de 1,5 milhão de pneus por ano.

Anfavea revisa projeções para o ano

Anfavea fez nova previsão de um fechamento de 2023 com 2.732 mil autoveículos produzidos, 0,1% a mais do que em 2022. Em janeiro, esperava-se um alta de 2,2%. A alta na produção de automóveis e comerciais leves foi revista de 4,2% (janeiro) para 3,2% (outubro).

Publicações relacionadas