União tenta obrigar Neymar a pagar dívida de R$ 88 milhões

O pedido foi aceito pela Justiça e a família do craque já foi notificada

Publicado quinta-feira, 24 de novembro de 2022 às 11:19 h | Autor: Da Redação
Neymar está com a Seleção Brasileira no Catar para a disputa da Copa do Mundo
Neymar está com a Seleção Brasileira no Catar para a disputa da Copa do Mundo -

A União e a Fazenda Nacional entraram com recurso para recorrer da decisão que livrou Neymar e seus familiares de pagar uma dívida de R$ 88 milhões em impostos, referente a negócios fechados entre 2011 e 2013. As informações são do site Notícias da TV, que teve acesso ao pedido da Justiça, feito na 3ª Vara Cível de Santos (SP), e aos autos do processo.

>> Chamado de arrogante, Neymar responde jornal: "Não é menosprezo"

Anteriormente, uma decisão judicial havia considerado a cobrança indevida. No entanto, na avaliação da União, as provas são contundentes em relação a irregularidades fiscais em negócios feitos pelo jogador. O pedido foi aceito pela Justiça e a família de Neymar já foi notificada. 

O processo começou quando a PGFN (Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional) fez um pedido para bloquear os bens de Neymar, de seus pais e de três empresas no valor da dívida. A ação pedia a indisponibilidade de bens em R$ 193 milhões. Essa sonegação teria ocorrido durante três anos e por isso, Neymar e seu pai foram denunciados por sonegação fiscal e falsidade ideológica, mas o caso foi arquivado em 2017. 

Para a União, Neymar ainda deve R$ 69 milhões, valor que é contestado pelo jogador, que admite ter aproximadamente R$ 8,7 milhões de débito. A cobrança atual é de R$ 88 milhões, que corresponde aos R$ 69 milhões corrigidos por juros.

Publicações relacionadas